Tuesday, February 20, 2007

FamaFest anuncia Selecção Oficial


SELECÇÃO OFICIAL (por ordem alfabética):

BORBOLETAS ESTÃO APENAS UM PASSO ATRÁS, AS, de Mohammad Ibraihim Moaiery (Irão, 2005)
BRECHT – A ARTE DE VIVER, de Joachim Lang (Alemanha, 2006)
CAIXA DE BRINQUEDOS DE VITRUVIUS, A, de Dennis Michael Iannuzzi (EUA, 2005)
CAMINHO DE “LA RECHERCHE”, O, de Giorgio Treves (Itália, 2006)
CARLOS OSWALD, O POETA DA LUZ, de Regis Faria (Brasil, 2006)
CONDUTOR DE PALAVRAS, O, de Jean-Paul Thaens (França, 2006)
CONOCLASTA, de Mariko Saga (Polónia, 2006)
CONTOS, de Mehdi Jafari (Irão, 2003)
DEBAIXO DO SOL, de Baran Von Odar (Alemanha, 2006)
DONO DA PENA, O, de Cláudia Nunes (Brasil, 2005)
EHNI, de Jean-Luc Bouvret (França, 2006)
ELES PRESERVARAM TUDO O QUE LHES ERA QUERIDO, de Galina Evtushenko (Rússia, 2006)
ENSAIO SOBRE O TEATRO, de Rui Simões (Portugal, 2006)
ENTRE AFEIÇÕES E AFECTOS, de Rosa Berardo (Brasil, 2006)
ENTRE O PARAISO E BRASÍLIA, de Alvarina Sousa Silva (Brasil, 2006)
ESCRITOR PRODIGIOSO, O, de Joana Pontes (Portugal, 2006)
FECHADO, de Albert Radl (Alemanha, 2006)
FEDRA, de Salvo Bitonti (Itália, 2006)
FELTRINELLI, de Alessandro Rosetto (Itália, Suiça, Alemanha, 2006)
FESTIVAL, O, de Dhananjoy Mandal (Índia, 2005)
GESTURE DOWN (NÂO CANTO), de Cedar Sherbert (EUA, México, 2006)
GOMBRO EM BERLIM, de Wieslaw Saniewski (Polónia, 2006)
HELEN A/B + DAS MEER, de Sabine Marte (Áustria, 2006)
HOMEM DA LUA, O, de Elissalde Serge (França, 2006)
IDEAIS, OS, de Sven Jakob (Alemanha, 2006)
JARDIM QUE SE AFASTOU A FLUTUAR, O, de Ruth Walk (Israel, 2006)
LADRÕES DE NÉSPERAS, de Fernando Lopes Amaral (Portugal, 2006)
LOUCO, O CORAÇÃO E O OLHO, O, de Anney Juna (Alemanha, 2006)
MARINHEIROS E MÚSICOS, de Steven Lippman (EUA, 2006)
MAURITÂNIA: ANTIGAS BIBLIOTECAS NO DESERTO, de Rossetta Piccinno (Itália, 2006)
MEU PAI, HUMBERTO DELGADO, de Francisco Manso (Portugal, 2006)
MILKAN, de Mino Kiani (Irão, 2005)
MUITA GENTE, POUCO TEMPO, de Andrzej Baranski (Polónia, 2006)
OUTRO ROSINOL, O, de Monti (Espanha, 2006)
PELE, de Fernando Vendrel (Portugal, 2006)
PENUMBRA, de Gwynne McElueen (Irlanda, 2006)
PEQUENOS TOMENTOS DA VIDA, de Gustavo Spolidoro (Brasil, 2006)
PORTO ALEGRE DE QUINTANA, de Fabiano Sousa e Gilson Vargas (Brasil, 2006)
PORTUGAL DE MIGUEL ESTEVES CARDOSO, O, de Fernando Ávila (Portugal, 2006)
RADOSC PISANIA, A ALEGRIA DE ESCREVER, de Antoni Krauze (Polónia, 2006)
RILKE E RODIN, UM REENCONTRO, de Bernard Malaterre (França, 2006)
ROXANA, de Moze Mossanen (Canadá, 2006)
SANGUE NEGRO, O, de Peter Kassovitz (França, 2006)
SÓ QUERIA VIVER, de Mimmo Calopresti (Itália, Suiça, 2006)
SONHO DO LOBO, O, de Maria-Anna Rimpfl (Alemanha, 2006)
TRÊS PEÇAS, de Hubert Siedecki (Áustria, 2006)
VIAGEM NO SEU PRÓPRIO QUARTO, de Bernard Braunstein e David Gross (Áustria, 2004)

47 Filmes a Concurso de 19 Países (Alemanha, Áustria, Brasil, Canadá, Colômbia, Eslováquia, Espanha, EUA, França, Índia, Irão, Irlanda, Israel, Itália, México, Polónia, Portugal, Rússia e Suiça)

3 comments:

Anonymous said...

Olá!
Gostaria de comentar que os filmes Porto Alegre de Quintana e Pequenos Tormentos da Vida estão com os diretores trocados. O primeiro foi dirigido por FABIANO DE SOUZA E GILSON VARGAS, enquanto o segundo é de GUSTAVO SPOLIDORO.
Muito obrigada pela atenção.
Marina Volpatto
Clube Silêncio

alice said...

só para dar os parabéns pelos filmes desta noite ;) muito bons! beijinhos.

nico said...

Une belle decouverte franco-porugaise : O CONDUTOR DE PALAVRAS : l'amour des belles lettres et de l'homme